CULTURA

IFSul promove eventos sobre a cultura negra

PASSOS (MG) - O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro, mas o IFSuldeMinas, campus Passos, resolveu estender um pouco as comemorações e organizar uma semana inteira de atividades voltadas para a cultura negra. Até esta sexta-feira (24), a comunidade acadêmica está envolvida com a programação do evento, que reúne conversas, oficinas, música e poesia. Na verdade, a Semana da Consciência Negra foi proposta e organizada pelos próprios estudantes negros do campus, sobretudo pelas gêmeas Raíssa e Raiane Rosa Rodrigues Viana, matriculadas no 1º ano do curso Técnico em Produção de Moda.
Elas procuraram o professor Wendell Braulio e perguntaram se o campus não faria nada em comemoração à data. O docente disse que sim, que elas poderiam programar uma semana. A comissão, inicialmente formada pelas gêmeas, 'foi ganhando corpo' e chegou a 18 estudantes, dos mais variados cursos. “Nos reuníamos semanalmente para discutir o que seria feito e também para aprender algumas questões sobre a cultura negra e sua história, que ainda não conhecíamos. Precisávamos dessa experiência para compreender melhor e poder nos organizarmos”.
Para Raíssa, a Semana está sendo inovadora e muito gratificante e há também muita interação entre os alunos e a própria instituição. “Somos alunos e não esperávamos fazer uma coisa tão impactante. Pretendemos levar o evento, o movimento negro, por muitos e muitos anos e até mesmo depois que formarmos. Estamos muito felizes por participar e abrir novas portas pro núcleo AfroIF. Eram portas que não sabíamos q existiam”.
Abertura
A abertura da Semana trouxe animação e reflexão com roda de samba, poesia e bate-papo. A música ficou por conta do grupo Papo de Samba e o recital de poesia contou com a participação das alunas Giovanna de Fátima Silva (1º ano do Técnico Integrado em Produção de Moda) Gabriela de Oliveira Rocha (1º ano do curso Técnico Integrado em Comunicação Visual) e Leonardo Vaz Rosa (também aluno do 1º ano de Comunicação Visual).
Para compor a mesa de discussão, foram convidados o advogado Elder Cardoso, que ficou responsável por abordar questões legais referentes à igualdade racial; o dentista Alexandre de Almeida, que já atua há algum tempo em prol da causa negra em Passos; e a Professora Marli, cuja atuação em prol dos direitos da população negra, especialmente no que se refere à educação, também já é bastante reconhecida na cidade. Além desses convidados externos, também compuseram a mesa a servidora Gisele Oliveira e a aluna de Modelagem do Vestuário Adelaia Reis.
Os debates, as músicas e os poemas trouxeram à tona a discussão sobre diversos temas envolvendo o processo de formação e a valorização da identidade negra, bem como os desafios que o povo negro ainda enfrenta para vencer a desigualdade e a discriminação racial, ainda presentes em nosso país.
As cores
Em uma conversa sobre colorismo, os integrantes do coletivo SoulVoz, Marcos Reis e André Nildo, abordaram, além de tonalidades de pele, a autoestima e o sentimento de pertencimento das pessoas negras. De acordo com Marcos, é importante uma conscientização sobre o colorismo, sobre o que é ser negro, branco, sobre as diferenças de tonalidades de peles e como os negros se veem em seu ambiente de convivência. “Tudo é um conjunto de descobrimento e aceitação e o colorismo se torna uma identidade pessoal para cada indivíduo. É entender sua cor de verdade”.
Ele destacou ainda que há um problema de aceitação das pessoas negras, especialmente as crianças. “Aqui no Brasil sabemos que ser preto é ser vergonhoso. A criança já nasce e já cresce não querendo ser preta. Há um problema de complexo dessa criança que é preta e acha que não é”.
Por fim, Marcos frisou que existe um processo que envolve genética familiar e estereótipo físico e que a pessoa só consegue fazer uma autodeclaração de cor a partir do momento em que ela tem conhecimento.
Espaço e escrita
O ex-professor do campus, Luís Novais, hoje servidor efetivo do IFSP, foi convidado para falar sobre “A escrita na fronteira da pele”. O público compareceu em peso para ouvir o docente no laboratório de Humanidades, onde aconteceu o bate-papo.
Emocionado por voltar ao antigo trabalho, Luís falou sobre a importância de os alunos terem se unido para realizarem um movimento “extremamente significativo e positivo” em um local onde são partilhadas muitas experiências, ou seja, a escola. “Sabemos que, nesses lugares onde são produzidos conhecimentos, a presença do homem e da mulher negra é muita escassa. E o que vocês fazem é importante, vocês mobilizam, chamam o professor. Esse movimento, de se reconhecer, é que faz com que estabeleçam vínculos com esse lugar e com o grupo do qual vocês fazem parte. Vocês estão possibilitando experiências que levem outras pessoas, meninos e meninas negras, a se enxergarem como pertencentes àquele espaço”.
O docente fez outras considerações sobre a relação que existe entre o espaço (escola) e o tipo de conhecimento que é produzido nele (especificamente a escrita), explicando como se dá o acesso das pessoas negras. “O acesso ao espaço não é necessariamente o acesso ao conhecimento. O negro não tinha acesso ao código escrito, ler e escrever. Por mais que digam que você é bem-aceito num lugar, se você não domina a escrita, você não terá sucesso. É um direto de vocês, de todos, ter o acesso à ferramenta escrita, sem a qual você não pode ter sucesso”, finalizou.
Para um dos apoiadores do evento e responsável por acompanhar o planejamento dos alunos, professor Wendell Braulio, o papel do IF é reafirmar sua postura diante da população negra, dando visibilidade aos alunos negros que a instituição possui. “Assumimos esse compromisso de alterar padrões que preveem desigualdade, mostrar para a sociedade que ali há um espaço de interação e também de alteração dessas realidades sempre presentes dentro da construção da nação brasileira”.
AC do IFSul
- Estas informações podem ser lidas no Facebook (Ézio Santos e passosmgonline) e devem ser compartilhadas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

22-
24-
WELLS---160816
03
15
E
B
Yama-16.03.14
09
07
13

 

 

 

 

Leia mais

Renato concorre ao Prêmio...
BRASÍLIA (DF) - O deputado federal passense, Renato Andrade, está concorrendo ao Prêmio Congresso em Foco 2018, que tem o objetivo de estimular a população a acompanhar o desempenho dos seus representantes na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, valorizando os bons parlamentares. Podem concorrer somente...
Ameg realiza curso sobre o...
PASSOS (MG) - A Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg), realiza dias 18 e 19 de julho (quarta e quinta-feiras) o curso de Recursos Humanos e a Implantação do eSocial na Administração Pública Municipal - 2018. O evento acontece na sede da...
Piumhi e Varginha vencem...
PASSOS (MG) - O ginásio II do Clube Passense de Natação (CPN) foi palco dias 13 e 14 de julho do 2º Festival de Vôlei sub-15 (pré-mirim) e sub-19 (infanto) masculino válidos pelo Campeonato Sul Mineiro. Em ambas categorias disputaram as equipes do Cres/Varginha, prefeituras de Três...
Vem aí o segundo Festival de...
PASSOS (MG) - O 2º Festival de Food Trucks de Passos promete movimentar a cidade a partir da próxima quinta-feira (19). A expectativa é atrair um público ainda maior para o município aquecendo a economia local e oferecendo mais uma atração para a cidade neste mês das férias. Pensando no...
Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Código de Vagas - Ocupação e Observações -...
Terça-feira de filme no Cine...
Filme: 'A MISSÃO (1986)' Título Original: The Mission Atores: :  Robert De Niro, Jeremy Irons  Diretor: Robert Aldrich Duração:123  min. Ano de Produção: 1986 Origem: EUA Gênero: Drama/Histórico Sinopse: No final do século XVIII Mendoza...
Sepultamentos da semana
Sepultamentos ocorridos em Passos (MG) nos cemitérios Municipal e Parque Senhor dos Passos entre os dias 9 e 15 de julho de 2018: - Roldão Alves Proença, de 84 anos e era casado. - José dos Reis Silva, 82, casado. - Zilda Batista da Silva, 83, viúva. - Nelson Ferreira Rosa, 74. - Luiz Orlando...
Pacheco quer fortalecer o...
BELO HORIZONTE (MG)- Fortalecer os municípios e garantir o repasse de recursos financeiros às localidades mineiras foram temas defendidos pelo pré-candidato ao governo de Minas Gerais, deputado federal por Passos, Rodrigo Pacheco (Democratas), neste sábado (14), ao visitar a cidade de Teófilo Otoni. Conforme ele,...
Araxá tem time quase pronto...
PASSOS (MG) - Enquanto a diretoria do Passos FC ainda corre contra o tempo para colocar o Estádio Municipal Geraldo Starling Soares em condições de receber os seus jogos pelo Campeonato Mineiro da Segunda Divisão, e o grupo de jogadores ainda é um mistério para a imprensa e torcedores, o Araxá EC, primeiro...
Prefeitura revitaliza praça...
PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos realizou na tarde desta sexta-feira (13), um trabalho de revitalização da Praça Cônego José Timóteo, localizada em frente à Paróquia de São Benedito. Há cerca de 15 anos, o local não recebia reformas. Por conta do fluxo intenso de pessoas...