ECONOMIA

Prefeitura quer economizar R$ 60 mil mensais em salários

PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos pretende economizar cerca R$ 60 mil mensais que, ao final deste ano, significarão mais de R$ 480 mil gastos a menos somente com a folha de pagamentos do funcionalismo. É o que prevê o Projeto de Lei (PL) número 17/2018, que já foi enviado à Câmara Municipal e vem sendo motivo de polêmica pelo desconhecimento de alguns vereadores, por se tratar da criação e acréscimo de cargos, além da extinção de terceirizados e de contratos por tempo determinado.
A proposição está nas comissões permanentes da Câmara aguardando parecer para ser levado à votação em plenário. Como forma de esclarecer a questão definitivamente e contribuir desta forma para sua aprovação pelo Legislativo, a administração municipal reafirma que todos os 171 cargos criados são de provimento efetivo, ou seja, serão preenchidos por concurso público diminuindo o número de terceirizados.
“Apesar da terceirização ser uma estratégia de gestão cada vez adotada pelo Poder Público, em razão do dever do estado de assegurar o direito fundamental à boa administração pública aos cidadãos que somente se perfaz no momento em que os serviços públicos são eficientes (...), verificou-se que essa não foi a solução mais acertada, mesmo adotada em sua totalidade, durante todo o período que se seguiu”, afirma o prefeito Renatinho Ourives na exposição de motivos do PL.
Para a criação de 165 vagas de auxiliar de serviços gerais, serão extintos 49 contratos por tempo determinado na função de operários e 102 de faxineiros terceirizados. O projeto prevê ainda que serão acrescidos dois cargos de advogado e quatro de fiscal de urbanismo, suprindo uma necessidade imediata da administração nessas duas áreas.
Mesmo com um número maior de servidores (20 a mais),com a aprovação do PL, a prefeitura vai deixar de gastar mensalmente o montante de R$ 427.498,33 com a extinção dos 151 cargos e passará a desembolsar a quantia de R$ R$ 367.283,74 com a nova estrutura criada, o que dá uma redução de R$ 60.214,60 por mês. Tomando como base o ano de 2018, a economia aos cofres municipais será de R$ 481.716,77somente até dezembro.
Irregularidade
Embora a economia seja fator importante em tempos de queda na arrecadação, o Processo Seletivo número 04/2011, realizado durante a gestão do ex-prefeito José Hernani Silveira (já flecido) para contratação de 49 operários, foi alvo de denúncia no Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE/MG).Em sua decisão, o órgão considerou o procedimento nulo, conformedecisão proferida no Processo número 839796. “Devendo a administração municipal, após a garantia do contraditório e ampla defesa dos contratados, sustar os contratos vigentes, providenciando a realização de concurso público para a admissão de pessoal para os cargos de quadro permanente, devendo providenciar a criação dos cargos que ainda não foram criados”, diz decisão do TCE/MG.
Diante desse julgamento, visando dar efetivo cumprimento a esta determinação, “a administração municipal, revendo posicionamento anterior, entendeu por bem propor a criação do cargo de auxiliar de serviços gerais, com o fim de integrá-lo ao seu quadro permanente, por considerar que suas atribuições são imprescindíveis ao bom andamento do serviço”, afirma o prefeito.
Fiscais de Urbanismo
Com relação ao aumento no quantitativo de vagas para o cargo de fiscal de urbanismo, de seis para dez, a prefeitura aponta que o município contava com 114.458 habitantes, segundo o IBGE, em 2017.E existe um número aproximado de oito mil estabelecimentos comerciais e industriais instalados realizando as mais diversas atividades. São esses servidores que também têm como atribuição atuar na fiscalização administrativa das normas previstas no Plano Diretor, Código de Obras e Código de Posturas. “Além de outras atribuições correlatas, como a fiscalização de novas ações a serem implantadas, por exemplo, pela aprovação do Plano Municipal de Saneamento Básico, que deve ocorrer no corrente ano”, explica o prefeito.
Em números aproximados com base no cadastro municipal, cada fiscal de urbanismo é responsável atualmente pela fiscalização de 9.549 imóveis/mês. “Desse modo, fácil concluir que cada fiscal de urbanismo fica responsável, diariamente, por 518 imóveis, em média, o que torna o serviço ineficiente, pois humanamente impossível de ser realizado, ainda que precariamente”, afirma Renatinho.
Segundo o prefeito, essa carência de fiscais traz prejuízos à administração, “uma vez que facilita a clandestinidade, traz danos urbanísticos, à saúde física e mental da população, e financeiros, já que deixa de arrecadar divisas’. Hoje em dia, é possível atender somente os casos denunciados, segundo a administração.
Advogados
No que diz respeito ao aumento do quantitativo do cargo de advogado, conforme relatório anual de processos da Procuradoria Geral do Município (PGM), até dezembro de 2017, havia 958 ações judiciais tramitando em que o município figura como parte. São 869 processos na Justiça Estadual (1ª e 2ª instâncias), 44 na Justiça Federal e 45 na Justiça do Trabalho. A PGM aponta que em 2018, até agora, foram propostas mais de 70 novas ações, principalmente, relativas ajudicialização da saúde, indenizações, cobranças e questões envolvendo servidores municipais.
Renatinho lembra que, até dezembro de 2016, o município contava com uma empresa contratada para fazer assessoria jurídica, gerando um gasto de cerca de R$ 20 mil mensais aos cofres públicos.A administração atual resolveu cancelar esse tipo de contrato, que sempre foi alvo de suspeita pelos órgãos de fiscalização como Tribunal de Contas e Ministério Público, e todas as ações foram encampadas pela Procuradoria Geral do Município.
“Não há dúvidas de que tais serviços realmente devem ser prestados pelo corpo técnico da advocacia pública efetiva do município, todavia a quantidade de cargos existentes é totalmente insuficiente para suprir a demanda existente”, esclarece.
Ainda segundo o chefe do Poder Executivo, o PL se mostra de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, tendo em vista que haverá incidência de apenas 1,10%. Com o acréscimo, o índice chegará a 48,41%, portanto abaixo do limite prudencial estabelecido pela LRF que é de 51,3% e teto de 54% nas despesas com pessoal.
Impacto financeiro:
Previsão de aumento de gastos com criação e acréscimo de cargos
Cargo - Vencimento - Valor Total com Encargos               
Auxiliar de Serviços Gerais (165) - R$ 1.395,51 - R$ 327.063,12
Fiscal de Urbanismo (4) - R$ 4.130,41 - R$ 23.468,99
Advogado (2) - R$ 5.889,34 - R$ 16.731,63
Total - R$ 367.283,74
Redução de gastos
Função - Vencimento - Valor Total com Encargos
Operário (49) - R$  1.459,18 - R$ 101.565,49
Faxineiro (10) - R$ 3.195,42 - R$ 325.932,84
Total - R$ 427.498,33
Economia gerada (427.498,33 – 367.283,74) - R$ 60.214,59
AC da PP

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

03
13
07
Yama-16.03.14
B
E
WELLS---160816
15
09
22-
24-

 

 

 

 

Leia mais

Sepultamentos da semana
Sepultamentos ocorridos em Passos (MG) nos cemitérios Municipal e Parque Senhor dos Passos entre os dias 11 e 17 de junho de 2018: - Eni Santa Rosa Piassi, de 92 anos, era viúva. - Maria Nunes da Silva, 84, viúva. - Leonita Pereira Funchal, 82, viúva. - Marciliano de Paula Toledo, 78, união...
Morre Casinha, ex-jogador do...
PASSOS (MG) - O corpo do ex-jogador profissional José Antônio Casagrande, o Casinha, de 57 anos, será sepultado neste domingo (17), às 11h, no Cemitério da Água Verde, em Curitiba (PR). O meia-atacante, com passagens pelo extinto Pinheiros (PR), Seleção Paranaense, Botafogo de Ribeirão Preto...
Cursos oferecidos pelo Senar...
Período de 18 a 23 de junho de 2018 FORMAÇÃO  PROFISSIONAL  RURAL Trabalhador  da  mecanização  agrícola  (Colhedora  automotriz  de  café)  /  Operação  de  colheita Associação  Com. ...
Zona rural terá sinal de...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - Na manhã desta sexta-feira (15), Carmo do Rio Claro recebeu diversas autoridades regionais. Prefeitos e vereadores vieram participar da apresentação dos programas da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab) e do Departamento Estadual de Telecomunicações...
Pacheco diz que mineiros...
Ao participar de evento empresarial em Tiradentes, nesta sexta-feira (15), o deputado federal por Passos, Rodrigo Pacheco (Democratas), pré-candidato ao governo de Minas Gerais, afirmou que sociedade civil exige mudança radical na maneira com que os detentores de cargos eletivos lidam com as atribuições dos seus...
Regional da LPD tem quatros...
PASSOS (MG) – Em razão da estreia da Seleção Brasileira de futebol na Copa do Mundo da Rússia, neste domingo (17), às 15h, contra a Suíça, os cinco confrontos pelo terceiro fim de semana do Campeonato Regional de Futebol Amador da Liga Passense de Desportos (LPD) sofreu alterações da...
Jogos do Brasil alteram...
PASSOS (MG) - O Prefeito Passos, Renatinho Ourives, considerando a realização da Copa do Mundo de Futebol 2018 e visando oportunizar a todos o acompanhamento dos jogos da Seleção Brasileira de Futebol, sem prejuízo dos serviços essenciais prestados aos munícipes, determina que: -  Fica alterado em...
CPN disputa Mineiro de...
PASSOS (MG) - A equipe de natação do Clube Passense de Natação (CPN) viajou na manhã desta sexta-feira (15), para Juiz de Fora, onde vai disputar o Campeonato Mineiro Pré Mirim/Mirim, para atletas de 8 a 10 anos.  Os garotos e garotas são os mesmos que foram para Guaratinguetá (SP) no mês...
Definida novas datas das...
BELO HORIZONTE (MG) - A Comissão Organizadora dos Jogos do Interior de Minas (Jimi), realizado pela Secretaria de Estado de Esportes, divulgou, nesta sexta-feira (15), duas notas oficiais com alterações no cronograma de execução da competição. As quatro microrregionais cujas execuções foram...
Biblioteca Municipal adota...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - A Biblioteca Municipal professor Alencar Assis, no centro de São Sebastião do Paraíso, está passando por modernização e substituindo as fichas manuais para anotar empréstimo de livros por um novo cartão com código de barras. O sistema de controle visa...