POLÍCIA

Ex-chefe da PC alerta para risco de colapso

BELO HORIZONTE (MG) - A Polícia Civil (PC) corre o risco de entrar em colapso em breve, caso o governo não faça investimentos estruturais na instituição. O alerta foi feito pela ex-chefe de Polícia Andréa Cláudia Vacchiano aos deputados da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A questão pautou audiência pública realizada nesta terça-feira (19), para tratar da precariedade das delegacias no interior do Estado.
Vacchiano ocupou o cargo durante sete meses em 2016. Ela contou que faltam viaturas e estrutura física mínima, mas que foi feito um planejamento estratégico para a realização de de obras, investimentos e compras. “A crise financeira do Estado interrompeu as melhorias. Há cidades, por exemplo, onde a população ajudou na conclusão de obras. A Polícia Civil corre risco de entrar em colapso, principalmente por ingerência política”, disse.
A ex-chefe de Polícia defendeu que é preciso definir prioridades na aplicação de recursos, tendo em vista que o efetivo é reduzido e a instituição precisa ser modernizada. No período em que esteve no cargo, cerca de 950 novos servidores passaram a compor os quadros da Polícia Civil, mas a promessa era de nomeação de mais de 14 mil, segundo ela. “Os 1.300 concursados que aguardam nomeação não vão suprir a real necessidade do Estado. A Polícia Civil é o segundo órgão arrecadador do Estado e, ainda assim, sofre com falta de recursos”, lamentou.
Déficit
O presidente do Sindicato dos Delegados, Marco Antônio de Paula Assis, lembrou que o quadro da Polícia Civil deveria ser composto de 19 mil servidores, mas, hoje, são apenas 8,7 mil. Segundo ele, os delegados estão sobrecarregados, pois são obrigados a assumir a responsabilidade por diversas cidades.
O presidente do Sindicado dos Policiais Civis, Denílson Martins, chamou atenção para o fato de a Lei Orgânica da Polícia Civil (Lei Complementar 129, de 2013) ter sido sancionada há quatro anos, mas não estar sendo cumprida. De acordo com ele, a norma garante autonomia orçamentária e financeira para a Polícia Civil, mas isso não estaria ocorrendo na prática. “A carência de efetivo é grande e provoca um sucateamento em cadeia”, alertou.
Crise na Defesa Social
Representantes da classe da Polícia Militar (PM) prestaram solidariedade aos colegas da Polícia Civil. Na avaliação do presidente da Associação dos Servidores do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar (Ascobom), Alexandre Rodrigues, trata-se de um problema de segurança pública. De acordo com ele, a Polícia Militar precisa da Civil para dar sequência ao seu trabalho. Em seu relato, destacou que, quando uma corporação para, a outra se inviabiliza.
O presidente da Associação dos Cabos e Soldados, cabo Álvaro Coelho, também se mostrou indignado com o caos estrutural da Polícia Civil e criticou a falta de prioridade do governo com as forças de segurança. Para ele, a sociedade precisa reagir, uma vez que o sucateamento das polícias se reflete diretamente na vida das pessoas.
Falta de investimentos
O presidente da comissão, deputado Sargento Rodrigues (PDT), afirmou que as polícias estão em estado de calamidade estrutural. De acordo com ele, houve uma redução significativa dos recursos do governo para investimento e custeio das corporações, principalmente desde 2016.
Ele lamentou a ausência de representantes da Polícia Civil na reunião e criticou o fato de o Estado enfrentar dificuldades financeiras e, ainda assim, ter um excessivo número de cargos comissionados na administração. “Esse desequilíbrio afeta, por exemplo, a nomeação de concursados para ocupar cargos deficitários da Polícia Civil. Os delegados do interior relatam a precariedade e sucateamento da estrutura, o que demonstra o descaso do atual governo”, salientou. Sargento Rodrigues também lembrou a necessidade de regulamentação da Lei Complementar 129.
O deputado Cabo Júlio (PMDB) lembrou que a crise nas forças de segurança se reflete no aumento da criminalidade. Segundo ele, o problema é antigo e vem se agravando. “A realidade da Polícia Civil é absurda. Isso atinge todo o sistema de defesa social, uma vez que a PM também sofre com essa carência estrutural”, reforçou.
Ele se comprometeu a cobrar ainda mais o Poder Executivo sobre o problema. “Já disse ao governador Fernando Pimentel que, um dia, essa bomba vai explodir. Aí, ninguém sabe o que pode acontecer”, afirmou.
O deputado Lafayette de Andrada (PSDB) concordou que a violência vem crescendo nos últimos anos, em parte pelo sucateamento das forças de segurança do Estado. Finalmente, a deputada Rosângela Reis (Pros) relatou que o Vale do Aço também sente a deficiência estrutural da Polícia Civil. Ela parlamentar citou a falta de coletes, viaturas e outros itens de trabalho básicos.
AC da ALMG
- Estas informações podem ser lidas no Facebook (Ézio Santos e passosmgonline) e devem ser compartilhadas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

03
15
13
07
Yama-16.03.14
24-
E
22-
09
WELLS---160816
B

 

 

 

 

Leia mais

Monte Santo recebe o 'Amigos...
PASSOS (MG) - O curso de recuperação de nascentes que acontece esta semana em Monte Santo de Minas integra as ações do Projeto Amigos da Natureza que foi lançado nesta segunda-feira (17), e prossegue até o dia 21 de setembro, Dia da Árvore. As ações desenvolvidas ao longo da semana têm...
Passos discute perspectivas...
PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos promoveu na manhã desta segunda-feira (17), reunião na Casa da Cultura para discutir sobre novas perspectivas e planejamento das futuras obras que serão realizadas no município com a liberação de novos loteamentos. A ideia do poder público é gerar desenvolvimento...
Sepultamentos da semana
Sepultamentos ocorridos em Passos (MG) nos cemitérios Municipal e Parque Senhor dos Passos entre os dias 10 a 16 de setembro 2018: - Ricardo Vagner De Simoni, de 60 anos e era casado. - Francisco José Gonçalves, 81, solteiro. - Maria Honória de Souza, 76, viúva. - Rosane Maria de Souza, 55, casada. -...
Terça-feira de filme no Cine...
Filme: 'IMPACTO FULMINANTE (1983)'  Título Original:  Sudden Impact Atores: Clint Eastwood, Sondra Locke, Pat Hingle   Diretor: Clint Eastwood Gênero: Policial/Ação/Suspense Duração: 117 minutos Ano de Produção: 1983 Pais de origem:...
Passos FC joga dia 19 em Nova...
PASSOS (MG) - O Estádio Waldemar Teixeira de Faria, o Farião, em Divinópolis, onde o Passos FC manda seus jogos na Segundona mineira, continua vetado por causa a infestação de carrapatos. Em Nota Oficial, nesta sexta-feira (14), a Federação Mineira de Futebol divulgou que haverá rodada dupla dia 19...
Cursos oferecidos pelo Senar...
Período de 17 a 22 de setembro de 2018 FORMAÇÃO  PROFISSIONAL  RURAL-  PROMOÇÃO  SOCIAL Trabalhador  da  mecanização  agrícola  /  Manutenção  do  TAP  e  operação  com  um ...
Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Código de Vaga - Ocupação e Observações -...
Beneficiados do PNHR fazem...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - Os integrantes das famílias contempladas no Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) participaram na manhã de sexta-feira, 14, de uma reunião de orientação sobre os serviços sociais de saúde. O encontro realizado na Secretaria Municipal de...
Escolas municipais de Passos...
PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos tem bons motivos para comemorar no ensino. Levantamento divulgado nesta semana aponta que as escolas municipais ficaram acima da média prevista pelo Ideb (Índice de Desenvolvimento de Educação Básica), com nota 7,0 em uma escala que vai de zero a 10. Com esse número obtido em...
Agricultores recebem pelos...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) repassou esta semana o primeiro pagamento aos agricultores familiares de São Sebastião do Paraíso que fornecem produtos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A iniciativa beneficia cerca de 700...