POLÍTICA

Câmara de Cássia tem nova sede

CÁSSIA (MG) - A Câmara Municipal de Cássia está de casa nova. A sede do Poder Legislativo Municipal mudou não só de endereço, mas de visual e de conforto para a população e também para os trabalhos dos vereadores. O presidente da casa, vereador Flávio Rossato, foi o idealizador do novo projeto para a casa legislativa. Segundo ele, a Câmara já não tinha mais condições de ficar no antigo prédio, que além de se encontrar em péssimo estado de conservação, pertencia ao Governo do Estado, que já havia solicitado a desocupação do imóvel. O novo prédio foi alugado, deverá gerar um gasto de R$ 3 mil para a sua manutenção. Outro fator importante, é a questão da acessibilidade. O antigo prédio não dava condições para que cadeirantes ou deficientes físicos pudessem ter acesso a sala de reuniões. O vereador Flávio respondeu algumas perguntas sobre a mudança.
Câmara: Presidente, por que da mudança do prédio?
Flávio: Por vários motivos. O principal deles é a estrutura do prédio. No antigo imóvel, não tínhamos uma sala de reuniões, sala de contabilidade e secretária. Era tudo muito apertado, improvisado. Hoje não, estamos dando condições de trabalho aos vereadores e mais facilidade de acesso a população. O novo prédio contém até elevador para acesso de cadeirantes. Outro agravante, é que o Governo do Estado pediu para que desocupássemos o local, pois o prédio é deles. Não havia outra solução ao não ser mudar.
Câmara: A questão da acessibilidade influenciou muito?
Flávio: Com certeza. Temos eleitores cassienses que tem vontade e interesse de acompanhar a vida parlamentar e as questões legislativas do município, mas eram impedidos por conta da falta de estrutura da Câmara. Agora, eles poderão acompanhar os trabalhos. Além disso, montamos uma salão de reunião com aproximadamente 70 lugares, e esperamos que a população venha acompanhar nossos trabalhos 
Câmara: E a questão dos gastos, o que o senhor tem a dizer?
Flávio: Olha, somos a Câmara mais enxuta da região. Nossos salários são os mais baixos, não temos carro na Câmara e tratamos com muita honestidade o dinheiro público. Somente em 2013, devolvemos mais de R$ 600 mil para a prefeitura, em dezembro. Gastamos o que precisava ser gasto. Estamos equipando a Câmara para que daqui 20 anos ela ainda esteja em plena condição de uso. O dinheiro do povo tem que ser gasto em coisas do povo. A Câmara não é minha, nem de nenhum dos outros 8 vereadores. A Câmara é do povo e está aberta para o povo. Como a mudança é recente, ainda não temos o valor total, mas todos os vereadores receberão esses números e verão que não fizemos nenhum gasto desnecessário. Além disso, prestaremos contas ao Tribunal de Contas do Estado. Tudo na mais perfeita ordem e transparência.
AC da CMC

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

08
24-
15
18
22-
Yama-16.03.14
E
05
09
07
11
13
B
03
WELLS---160816

 

 

 

 

Leia mais

Municipal de Passos termina...
PASSOS (MG) - O Campeonato Municipal de Futebol de Passos será encerrado neste domingo (17), no Estádio Starling Soares, com as partidas finais nas duas categorias. No primeiro jogo da rodada dupla, pelo Varziano, às 8h30, se enfrentam Portuguesa e Oriente. Na sequência, Novo Horizontino e Fluminense vão disputar o...
Governo de MG divulga nota...
BELO HORIZONTE - Em nota, divulgada pela Assessoria de Imprensa do governo de Minas Gerais, a própria administração estadual afirmou que "não vai medir esforços para cumprir os compromissos assumidos junto aos servidores e aos cidadãos mineiros, com equilíbrio, trabalho e planejamento. O governo do...
Lacerda é recebido por...
BELO HORIZONTE (MG) - Após percorrer mais de 100 cidades mineiras nos últimos seis meses, o ex-prefeito de Belo Horizonte e, hoje, pré-candidato ao governo de Minas Gerais pelo PSB, Marcio Lacerda, visitou essa semana seis cidades das regiões Sul e Sudoeste do estado. Entre os dias 11 e 14 Marcio passou por Carmo do Rio Claro,...
Fechamento de escolas pode...
BELO HORIZONTE (MG) - Setenta alunos com deficiência de Monte Santo e Arceburgo, municípios da região Sul de Minas, poderão ficar sem escola de atendimento especial no ano letivo de 2018. A denúncia foi feita nesta dia 12, em reunião da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da...
Carmo: Feiras itinerantes...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - Foi aprovado em primeira deliberação o Projeto de Lei (PL) número 55/2017 que regulamenta a realização de feiras itinerantes e temporárias no município. Também foram aprovadas emendas propostas pelos vereadores, dentre elas, a que garante o atual formato adotado pela feira...
Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Cód. - Vaga - Ocupação e Observações - Nº de...
Cássio destina recursos a...
BELO HORIZONTE (MG) - Trabalhando para o fortalecimento das entidades de Carmo do Rio Claro, o deputado estadual Cássio Soares destinou via emenda parlamentar R$ 20 mil ao Centro de Formação São José - Promoção da Família, e R$ 25 mil para o Lar do Idoso Frederico Ozanam, o que totaliza R$ 450 mil...
Balé do CPN se apresenta...
PASSOS (MG) - Nesta quinta-feira (14), acontece a apresentação do grupo de balé do Clube Passense de Natação (CPN), com o espetáculo 'Alice no País das Maravilhas'. Aproximadamente 90 crianças vão dançar e saltar no salão social, a partir das 20h. Esta é a...
Café: MG ganha Unidade de...
PASSOS (MG) - Maior estado produtor de café do Brasil, Minas Gerais agora conta com uma Unidade de Torrefação e Processamento do grão. Inaugurada nesta quarta-feira (13) no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) em Machado, no Território Sul, a unidade vai otimizar a...
Vereador fiscaliza transporte...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - De abril a dezembro de 2017, o vereador Paulo Marcelo Silva realizou, em quase todas as linhas escolares, uma fiscalização do transporte oferecido pelas empresas terceirizadas. O trabalho fez-se necessário diante de uma denúncia feita na Câmara Municioal de que o Poder Executivo estaria...