OPINIÃO

Corrida para a humanização no trânsito

Por Lélia Almeida Magalhães*
No Brasil, a cada 30 segundos acontece um acidente de trânsito. Antes mesmo que você termine de ler esse parágrafo, um novo acidente já ocorreu e, consequentemente, vitimou uma ou mais pessoas. Nessa equação preocupante, a velocidade, a irresponsabilidade que envolve bebida e volante e situações alheias ao controle humano - como falhas mecânicas, por exemplo - são responsáveis pela dor de inúmeras famílias, que perdem entes queridos e precisam encontrar uma maneira de seguir em frente.
De acordo com pesquisa do DataSUS (base de dados de saúde do Governo Federal), cerca de 45 mil pessoas morrem no trânsito brasileiro anualmente. O Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), afirma que, no Brasil, a cada minuto, uma pessoa fica gravemente ferida por causa da violência no trânsito. E, na linha de frente de todos esses dados, estão às associações de proteção veicular e seguradoras, que precisam buscar, constantemente, soluções para aumentar as possibilidades de fidelizar um cliente já fragilizado e que necessita de atendimento ágil, personalizado e, acima de tudo, humanizado.
De imediato, surge o questionamento: como aumentar a competitividade de uma empresa que presta serviços de proteção veicular e inovar em um mercado altamente regulado como o de seguros? A resposta exata para essa dúvida é um constante desafio para os principais líderes, mas que, ao ser detectado, acaba se tornando um diferencial para conquistar e fidelizar esse cliente, que quer descomplicar e desburocratizar processos em um momento de crise.
E é justamente nesse momento que os gestores de associações de proteção veicular entram em cena, com a difícil missão de reverter em ações e benefícios números cada vez mais altos de indenizações e sinistros. A forma de rateio de custos entre os associados favorece a sensação de pertencimento, e contribui de forma considerável para a não alienação das pessoas ao choque, à emoção e ao sofrimento alheio. Entretanto, é inevitável que algumas pessoas criem uma resistência ao sofrimento humano em acidentes de trânsito, em função do crescente número de mortes, e indenizações pagas para herdeiros de vítimas fatais. O que nós, gestores de empresas que lidam diretamente com a segurança de bens móveis, como veículos leves e caminhões, por exemplo, não podemos deixar é que sentimentos confusos, que flutuam entre a sensação de impunidade que banaliza a vida e a sede de justiça, se tornem algo corriqueiro em nossas vidas. Independente da área de atuação, pública, privada, associativista, cooperativista, entre outras, não podemos fechar os olhos para essa atmosfera banalizada dos acidentes e indenizações de trânsito. Precisamos entender que somos todos responsáveis, e, acima de tudo, mais do que oferecer soluções, nosso dever é oferecer atendimento capacitado e humanizado. 
* é empresária, bacharel em comércio exterior - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
- Toda opinião divulgada neste espaço é de total responsabilidade de quem a emite.
- Estas informações podem ser lidas no Facebook (Ézio Santos e passosmgonline) e devem ser compartilhadas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

11
18
WELLS---160816
E
03
07
15
24-
08
05
13
B
22-
Yama-16.03.14
09

 

 

 

 

Leia mais

Municipal de Passos termina...
PASSOS (MG) - O Campeonato Municipal de Futebol de Passos será encerrado neste domingo (17), no Estádio Starling Soares, com as partidas finais nas duas categorias. No primeiro jogo da rodada dupla, pelo Varziano, às 8h30, se enfrentam Portuguesa e Oriente. Na sequência, Novo Horizontino e Fluminense vão disputar o...
Governo de MG divulga nota...
BELO HORIZONTE - Em nota, divulgada pela Assessoria de Imprensa do governo de Minas Gerais, a própria administração estadual afirmou que "não vai medir esforços para cumprir os compromissos assumidos junto aos servidores e aos cidadãos mineiros, com equilíbrio, trabalho e planejamento. O governo do...
Lacerda é recebido por...
BELO HORIZONTE (MG) - Após percorrer mais de 100 cidades mineiras nos últimos seis meses, o ex-prefeito de Belo Horizonte e, hoje, pré-candidato ao governo de Minas Gerais pelo PSB, Marcio Lacerda, visitou essa semana seis cidades das regiões Sul e Sudoeste do estado. Entre os dias 11 e 14 Marcio passou por Carmo do Rio Claro,...
Fechamento de escolas pode...
BELO HORIZONTE (MG) - Setenta alunos com deficiência de Monte Santo e Arceburgo, municípios da região Sul de Minas, poderão ficar sem escola de atendimento especial no ano letivo de 2018. A denúncia foi feita nesta dia 12, em reunião da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da...
Carmo: Feiras itinerantes...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - Foi aprovado em primeira deliberação o Projeto de Lei (PL) número 55/2017 que regulamenta a realização de feiras itinerantes e temporárias no município. Também foram aprovadas emendas propostas pelos vereadores, dentre elas, a que garante o atual formato adotado pela feira...
Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Cód. - Vaga - Ocupação e Observações - Nº de...
Cássio destina recursos a...
BELO HORIZONTE (MG) - Trabalhando para o fortalecimento das entidades de Carmo do Rio Claro, o deputado estadual Cássio Soares destinou via emenda parlamentar R$ 20 mil ao Centro de Formação São José - Promoção da Família, e R$ 25 mil para o Lar do Idoso Frederico Ozanam, o que totaliza R$ 450 mil...
Balé do CPN se apresenta...
PASSOS (MG) - Nesta quinta-feira (14), acontece a apresentação do grupo de balé do Clube Passense de Natação (CPN), com o espetáculo 'Alice no País das Maravilhas'. Aproximadamente 90 crianças vão dançar e saltar no salão social, a partir das 20h. Esta é a...
Café: MG ganha Unidade de...
PASSOS (MG) - Maior estado produtor de café do Brasil, Minas Gerais agora conta com uma Unidade de Torrefação e Processamento do grão. Inaugurada nesta quarta-feira (13) no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) em Machado, no Território Sul, a unidade vai otimizar a...
Vereador fiscaliza transporte...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - De abril a dezembro de 2017, o vereador Paulo Marcelo Silva realizou, em quase todas as linhas escolares, uma fiscalização do transporte oferecido pelas empresas terceirizadas. O trabalho fez-se necessário diante de uma denúncia feita na Câmara Municioal de que o Poder Executivo estaria...