OPINIÃO
14
19
GERALDA - 12.07.16
Gladson - 14.11.16
EMILIO M. ELETRICOS 080618
RAMIRES---20.09.15
Tassia-Tavares-22.12.17
CPN2-050816

Nossa eterna velhice

Por Alexandre Brandão*
Não vi nem ouvi, mas fio no ocorrido: uma criança de quatro anos disse a outra, de dois: “No meu tempo era melhor”. Com a velocidade de nossos dias, a velhice começa cedo, a despeito de, em média, vivermos mais do que nossos pais e de nossos filhos terem expectativa de viver mais do que nós. Como a criancinha que desde sempre se sente velha pode chegar fácil aos cem anos, nossa terceira idade se dá aos quatro anos, e, aos cinquenta, entramos na quingentésima. 
Sem ruga ou preocupação, somos velhos desde o início — velhice tornou-se sinônimo de vida —, ou seja, a luta pela eterna juventude está produzindo o efeito oposto. Meu amigo Marcus José sempre me alertou para o fato de que o Diabo é o Diabo por ser velho, não por outro motivo. Se nascemos velhos, é sinal de que o Diabo passou uma rasteira em Deus. 
Faço um parêntese. Por acaso, assisti a um episódio de “Bipolar show”, programa televisivo do Michel Melamed. Ele e seu convidado, Matheus Nachtergaele, fizeram diante da câmera uma espécie de entrevista misturada com performance, atuação, sarau, um treco de fato bipolar, senão esquizofrênico, e bom. Lá pelas tantas, o Nachtergaele disse que acredita em Deus, mas que, desde a invenção do avião, por Dumont, Deus está muito ocupado em segurar esse punhado de bisnagas (a imagem é dele) no céu. Portanto não é que o Diabo venceu Deus, mas, valendo-me de Guimarães Rosa, o Diabo tornou-se feliz numa horinha de descuido de Deus. 
Não nos movemos na direção daquela história de que o ideal é nascer velho e morrer jovem, utopia construída sobre a ilusão de que viveríamos melhor se nascêssemos experientes (situação associada à velhice) e fôssemos, ao longo dos anos e sem perder a experiência jamais, ganhando a força física da juventude. A velhice que alcançamos não tem experiência alguma, tem, sim, a dor de carregar o sobrepeso da passagem instantânea do tempo — contado em segundos, não em anos. É possível que a criança nostálgica, no diálogo com a outra mais nova, tenha ido além: “Ah, quando você tiver os meus 126.144.000 segundos de vida vai entender o que estou dizendo”. 
Com isso, o choro do bebê não é mais sinal de vitalidade, é grito de revolta. Não tem nada a ver com tomada de consciência da finitude, já que a ciência está empenhada em nos tornar imortais — vejam, por exemplo, o recente documentário brasileiro “Quanto tempo o tempo tem”, de Adriana L. Dutra e Walter Carvalho. Por que os bebês choram então? Porque não terão juventude. Não poderão dizer que na juventude fizeram e aconteceram, não poderão se lembrar das paixões radicais —  sempre a exigirem provas heroicas de amor. Caro senhor Vinícius de Moraes, hoje, a gente mal nasce e, em vez de começar a morrer (em breve, não morreremos), já é velho. Só nos tornamos jovens ao morrer, essa é a contradição desse imbróglio todo.
Li, na revista Piauí (novembro de 2015), a história de Kim Suozzi, americana de vinte e três anos que morreu vitimada por um câncer no cérebro. Ela e o namorado, quando souberam da doença incurável, recorrendo a uma vaquinha virtual, trataram de se organizar para congelar aquele cérebro, seu córtex. Apostavam que, no futuro, a ciência poderá ressuscitar a mente de Kim e, com isso, quando ela se materializar em um computador ou em um robô, em um programa que seja, eles se reencontrarão. A técnica de preservação do córtex é um mundo a ser explorado, portanto, nada garante que Kim de fato ressuscitará, nem mesmo se sabe ainda se, ao escanear o cérebro congelado, todas as sinapses feitas diariamente por ele serão reconhecidas e reproduzidas em uma máquina. Nada disso desanima os cientistas — abastecidos por uma fonte inesgotável de dinheiro —, que, posicionados no centro do embate entre Deus e o Diabo, almejam destruir os dois. 
* É escritor passense, mantém o blog 'No Osso' (http://noosso.blogspot.com) e seu e-mail é: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
- Toda opinião divulgada neste espaço é de total responsabilidade de quem a emite.
- Esta opinião pode ser lida também no Facebook (Ézio Santos e passosmgonline) e devem ser  compartilhadas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

24-
B
Yama-16.03.14
07
09
03
E
22-
WELLS---160816
15
13

 

 

 

 

Leia mais

Prefeitura promove...
PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos, através da Secretaria Municipal de Educação, vai promover no próximo dia 26 de junho, às 13h, no Centro de Ciências da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) Passos. O torneio será disputado por grupos de alunos do Ensino Fundamental II da Rede Municipal de...
Escritora passense lança...
PASSOS (MG) - Dia 20 deste mês, acontece mais uma edição do 'Sarau na Praça' promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e Juventude. O local é Centro Educacional Unificado das Artes e dos Esportes (CEU), no Bairro Coimbras, em Passos. A principal atração do evento é o...
Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Códígo de Vagas - Ocupação e Observações -...
Sepultamentos da semana
Sepultamentos ocorridos em Passos (MG) nos cemitérios Municipal e Parque Senhor dos Passos entre os dias 11 e 17 de junho de 2018: - Eni Santa Rosa Piassi, de 92 anos, era viúva. - Maria Nunes da Silva, 84, viúva. - Leonita Pereira Funchal, 82, viúva. - Marciliano de Paula Toledo, 78, união...
Morre Casinha, ex-jogador do...
PASSOS (MG) - O corpo do ex-jogador profissional José Antônio Casagrande, o Casinha, de 57 anos, será sepultado neste domingo (17), às 11h, no Cemitério da Água Verde, em Curitiba (PR). O meia-atacante, com passagens pelo extinto Pinheiros (PR), Seleção Paranaense, Botafogo de Ribeirão Preto...
Cursos oferecidos pelo Senar...
Período de 18 a 23 de junho de 2018 FORMAÇÃO  PROFISSIONAL  RURAL Trabalhador  da  mecanização  agrícola  (Colhedora  automotriz  de  café)  /  Operação  de  colheita Associação  Com. ...
Zona rural terá sinal de...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - Na manhã desta sexta-feira (15), Carmo do Rio Claro recebeu diversas autoridades regionais. Prefeitos e vereadores vieram participar da apresentação dos programas da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab) e do Departamento Estadual de Telecomunicações...
Pacheco diz que mineiros...
Ao participar de evento empresarial em Tiradentes, nesta sexta-feira (15), o deputado federal por Passos, Rodrigo Pacheco (Democratas), pré-candidato ao governo de Minas Gerais, afirmou que sociedade civil exige mudança radical na maneira com que os detentores de cargos eletivos lidam com as atribuições dos seus...
Regional da LPD tem quatros...
PASSOS (MG) – Em razão da estreia da Seleção Brasileira de futebol na Copa do Mundo da Rússia, neste domingo (17), às 15h, contra a Suíça, os cinco confrontos pelo terceiro fim de semana do Campeonato Regional de Futebol Amador da Liga Passense de Desportos (LPD) sofreu alterações da...
Jogos do Brasil alteram...
PASSOS (MG) - O Prefeito Passos, Renatinho Ourives, considerando a realização da Copa do Mundo de Futebol 2018 e visando oportunizar a todos o acompanhamento dos jogos da Seleção Brasileira de Futebol, sem prejuízo dos serviços essenciais prestados aos munícipes, determina que: -  Fica alterado em...