OPINIÃO

Glamour, abuso e punição

Por Zair Candido de Oliveira Netto*
No começo da década de 80, o esporte foi a vedete das políticas internacionais, com a Guerra Fria a todo vapor entre a antiga URSS (União das Repúblicas Soviéticas Socialistas) e os EUA (Estados Unidos da América), e foi transformado em uma ferramenta de soberba e disputa entre as nações. Essa disputa pelo poder certamente gera uma competição que extrapola os valores esportivos estabelecidos pelo idealizador dos jogos olímpicos atuais, Barão de Coubetin, que usava o lema "o importante não é vencer, mas competir. E com dignidade" - frase que não foi de sua autoria, mas que se tornou um lema para o esporte competitivo da era moderna. Mas parece que a extinção da antiga URSS e a criação do estado da Rússia não tirou dos governantes o modelo competitivo característico de vencer a qualquer custo.
O controle mundial de fiscalização anti-doping é feito pela WADA (World Anti-Doping Agency), órgão independente e liderado pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), e se dá em todas as competições oficiais, como campeonatos mundiais e olimpíadas, além de ações de fiscalização relâmpago em treinamentos e locais onde os atletas vivem. Porém, em nações como a Rússia e a China, esses processos de fiscalização sempre são dificultados, com atletas sendo deslocados para locais de treinamento muito distantes.
A suspensão da equipe nacional da Rússia dos Jogos Olímpicos de Inverno foi a mais dura punição a uma nação em Jogos Olímpicos por causa do doping, e também a mais correta. A verdade é que não podemos mais ficar refém de estruturas governamentais bloqueando e escondendo informações criminosas, doping e crime no esporte. Sabemos ainda que há muita tecnologia a favor da prática e novos desafios para a WADA, como a nova geração de doping genético. Na pirâmide estrutural esportiva que envolve governantes, dirigentes desportivos, treinadores e atletas, cada um deve ter a sua carga de responsabilidade em prol do esporte. Punições como a da Rússia parecem ser apenas o início de uma nova era de controle, já que existem mais situações em processo de fiscalização e não ficaremos surpresos se outras nações forem punidas no futuro, mesmo que de forma retroativa, como aconteceu com alguns atletas russos que tiveram que devolver as medalhas obtidas na Olímpiada de Inverno de Sochi, na Rússia.
Todo o glamour que envolve o esporte, a busca pelo primeiro lugar, fama, retorno financeiro e a promessa de reconhecimento mundial levam entidades e esportistas a cometerem abusos ilegais e a procurarem formas de burlar as legislações vigentes de controle desse tipo de substância. A WADA está em constante evolução para caminhar a frente de laboratórios e pesquisadores que em prol da ciência para o desenvolvimento do esporte, acabam criando novas tecnologias de doping. O fato é que será difícil acreditarmos na quebra de recordes após presenciarmos o que está acontecendo com a Rússia, que sempre foi uma referência mundial no esporte de alto rendimento, mas infelizmente, com a ajuda do doping.
* Écoordenador de Educação Física da Universidade Positivo.
- Toda opinião divulgada neste espaço é de total responsabilidade de quem a emite.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

E
09
03
22-
07
15
B
13
24-
Yama-16.03.14
WELLS---160816

 

 

 

 

Leia mais

Copa Alterosa: Quartas de...
PASSOS (MG) – A medida que a 1ª edição da Copa Alterosa de Futebol Amador 2018 vai se afunilando, mais dificuldades as equipes vão encontrando para chegar ao tão sonhado título da mais importante competição de futebol do Sul e Sudoeste de Minas Gerais. A fase quartas de final começa a ser...
FMF convoca Passos FC para o...
PASSOS – Três dias depois do prazo final para a inscrição das equipes interessadas em disputar o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão de profissionais, a Federação Mineira de Futebol (FMF) divulgou no final da tarde de desta sexta-feira (18), a lista das que estão aptas a participar da reunião...
Festival do Queijo abre...
BELO HORIZONTE (MG) - Pelo segundo ano consecutivo, o governo do Estado de Minas Gerais apoia a realização do Festival de Queijo Minas Artesanal de leite cru que é realizado até este domingo (20), na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte. Promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais...
Cursos oferecidos pelo Senar...
Período de 21 a 16 de maio de 2018 FORMAÇÃO PROFISSIONAL RURAL Macramê (foto) Sindicato dos Produtores Rurais de Monte Santo de Minas (35) 3591-1400 21/05/18 a 24/05/18 Arceburgo Pintura / Molde Vazado e Relevo Associação Com. Ind. de São Sebastião do...
Passos recebe oficina do...
PASSOS (MG) - A representação do Ministério da Cultura em Minas Gerais, em parceria com a Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg) e a Associação dos Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana (Amog), realiza na próxima...
Dia de Luta Antimanicomial é...
PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos, em parceria com o Instituto Tecnológico Federal do Sul de Minas (IFSuldeMinas), juntamente com os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS II e CAPS AD), promoveu durante todo o dia 18 de maio (sexta-feira), na Praça Geraldo da Silva Maia, um evento em comemoração ao Dia...
Deputado entrega R$ 180 mil...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - O deputado federal passense, Renato Andrade, entregou o recurso de R$ 180 mil para o Hospital São Vicente de Paulo de Carmo do Rio Claro. O valor irá contribuir com a compra de um aparelho arco cirúrgico para a unidade e reduzir a fila de espera de procedimentos eletivos. Durante o encontro para a...
Prefeitura assume dívida da...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso assumiu uma dívida da Santa Casa com um fornecedor de órteses e próteses cardiácas. O valor pago à empresa será abatido do saldo devedor que o município tem com o hospital. A medida vai evitar a...
ACIP sorteia R$ 10 mil em...
PASSOS (MG) - A Associação Comercial e Industrial de Passos (Acip) realizou na tarde desta sexta-feira (18), o sorteio da campanha de 'Amor Presente Dia das Mães 2018 Acip'. Ao todo, vinte consumidores do comércio passense foram contemplados com vales-compra no valor de R$ 500 cada um, totalizando assim R$ 10 mil em...
Romeiros vão a pé para...
PASSOS (MG) - Um grupo passense e devotos à Santa Rita vai promover uma romaria a pé para Cássia (MG), distante 42 quilômetros de Passos. A saída ocorrerá às 18h do dia 21 de maio, da igreja Santa Rita, passando, às 18h30, pela capela de Nossa Senhora da Penha, quando os romeiros receberão as...