OPINIÃO

Retrocesso e barganha do PL do VENENO

Por Rodrigo Berté*
Enquanto, por um lado, pessoas que buscam uma vida mais saudável, livre de químicos e produtos que agridem a natureza, por outro, uma minoria de latifundiários e empresa produtoras de venenos agem para promover uma verdadeira revolução no campo – a PL DO VENENO.
A aprovação do Projeto de Lei número 6.299, chamado de PL dos agroquímicos, que ainda passará por várias discussões e provavelmente sansão presidencial, tira toda a rotulagem da lei anterior, deixando somente para o Ministério da Agricultura a aprovação ou não de um novo veneno. Atualmente, esse tipo de demanda passa pelo Ministério da Saúde, Ibama e Ministério da Agricultura e mesmo assim há contradições. Um exemplo clássico são os produtos rejeitados na União Europeia e utilizados no Brasil, ainda que autorizados pelos órgãos reguladores.
Se a nova Lei for aprovada na íntegra, os AGROTÓXICOS serão chamados de DEFENSIVOS AGRÍCOLAS OU PRODUTOS FITOSSANITÁRIOS. Até aí, uma pequena mudança, mas a liberação desses produtos passaria a ser regulada somente pelo Ministério da Agricultura, cujo Ministro é um dos maiores produtores e detentor do agronegócio brasileiro. Isso causa estranheza e preocupação.
É importante salientar que o Brasil é um dos países que mais usa agroquímicos legalizados e não legalizados do mundo, uns contrabandeados do Paraguai e da Bolívia. As consequências desse tipo de prática são inimagináveis. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) elaborou vários relatórios sobre o uso indiscriminado e inadequado na aplicação dos venenos, que apontaram como resultado a morte de agricultores e o aparecimento de tumores na população.
Seres humanos e o meio ambiente são objetos desta indústria, que vende esses produtos cotados em moeda americana aos produtores com grandes lucros e poucas campanhas para orientar os seus usos. Há uma indústria forte, mantida por corporações mundiais, que detém a tecnologia da semente modificada e do veneno utilizado para as pragas oriundas da produção.
Retroceder neste caso, será matar aos poucos os seres vivos, com doses homeopáticas de veneno por meio de alimentos ditos “livres de agrotóxicos”. A cada ano o brasileiro ingere mais de 3 litros de veneno, que são agregados aos produtos da horta ou à soja, que está presente em vários alimentos que consumimos.
A esperança neste momento está no veto presidencial. Por isso, precisamos sensibilizar a população, os políticos e, em especial, a mídia.
* É diretor da Escola Superior de Saúde, Biociência, Meio Ambiente e Humanidades do Centro Universitário Internacional Uninter.
- Toda opinião divulgada neste espaço é de total responsabilidade de quem a emite.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

B
15
E
Yama-16.03.14
24-
22-
03
13
WELLS---160816
07
09

 

 

 

 

Leia mais

Vacinação animal prossegue...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - A campanha de vacinação antirrábica, que abrange cães e gatos, começou no dia 2 de julho e continua acontecendo em São Sebastião do Paraíso. De acordo com Daniela Cortez, coordenadora de Vigilância em Saúde do município, até o momento...
Renato recebe agradecimento...
PIUMHI (MG) - O deputado federal passense, Renato Andrade, esteve em Piumhi reunido com a vereador Shirley e a diretoria da Santa Casa de Misericórdia. Na ocasião, recebeu os cumprimentos e agradecimentos por todo o trabalho dedicado à instituição. O provedor José Soares Melo agradeceu em nome de todos os...
Arena vai representar Passos...
PASSOS (MG) – Um dos mais tradicionais torneios de futebol de base do país, a IMEF-MG Cup 2018, disputado em Belo Horizonte Contagem, terá a participação pelo segundo ano consecutivo, do Arena FC de Passos. No início da tarde de hoje, dois ônibus vão levar a delegação composta por mais...
Reunião debate revisão do...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - O Núcleo Gestor encarregado de trabalhar a revisão do Plano Diretor de São Sebastião do Paraíso realizou reunião na sexta-feira (20), na Prefeitura, onde expôs detalhes da Audiência Pública Participativa que será realizada na próxima...
Concessionária promove...
DIVINÓPOLIS (MG) - Para comemorar os dias do Motorista (25) e do Motociclista (27), a AB Nascentes das Gerais programou ações educativas em quatro cidades do eixo da Rodovia MG-050. Desenvolvidas pelo Plano de Gestão Social (PGS), as atividades englobam palestra de Educação no Trânsito em empresas, blitzes...
Sebrae promove oficina sobre...
BELO HORIZONTE (MG) - O Sebrae Minas vai promover dia 25 de julho, em São Sebastião do Paraíso (MG), a oficina 'Como elaborar plano de vendas', voltada para representantes de micro e pequenas empresas (MPE). O objetivo é apresentar ferramentas de mercado que permitam, ao empreendedor, aumentar o desempenho da sua...
Prefeitura de Passos...
PASSOS MG) - Mais uma obra que estava paralisada vai ser retomada em Passos. O prefeito Renatinho Ourives assinou nesta sexta-feira (20), a ordem do serviço, e já na próxima semana homens e máquinas vão estar trabalhando no canal auxiliar da Avenida Comendador Francisco Avelino Maia, no Bairro Canjeranus. O...
Horticultores definirão...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - Uma reunião marcada para a próxima segunda-feira (23), deverá definir o destino da Associação dos Produtores de Hortaliças de São Sebastião do Paraíso e Região (AproHort). A expectativa é de que, com o novo chamamento, os cerca de 40...
Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Código de Vaga - Ocupação e Observações -...
FMF veta o Starling para...
PASSOS – Mesmo após o início das obras de reforma do Estádio Municipal Geraldo Starling Soares exigidas pelo diretor de Estádios da Federação Mineira de Futebol (FMF), Hilário Félix dos Santos Júnior, depois da primeira visita ao local no início da segunda quinzena de junho, na...